quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Ai, ai...

Um comentário:

Mariah Aleixo disse...

Olha! Eu usei essa charge na apresentação de um trabalho, acho que era de penal, lá no Direito! Impressionante criminalização das vítimas quando estas são mulheres...