quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Cabra-Surdos

Na última segunda-feira, 5 moças da Marcha se encontraram em Vigia, interior do Pará. Tal acaso se deu pelo fato da cidade ter um dos melhores carnavais do Brasil, com uma festa popular, colorida e realmente maravilhosa.

Grandes blocos de carnaval se formaram ao longo de décadas de folia no município de Vigia. Um dos mais conhecidos é o Virgienses, que nada mais é do que milhares de homens vestidos de mulheres atrás de um trio elétrico. Dá de tudo. Até porque cada um é responsável pela sua fantasia.

Dentro dos grandes blocos existem pequeníssimas alas, de 2 a 20 pessoas. São brancas-de-neve, mulheres-maravilha, gueixas etc. Todas beeeem peludas e maquiadas, algumas com perucas (e algumas parecem grávidas de 9 meses... gestações nutridas por anos de cerveja a fio).

Mas não foi para falar do Virgienses que este post veio. Nosso foco, na verdade, é o Bloco Cabra-surdos.

Um grupo de mulheres indignadas por não poderem desfilar em bloco no mesmo dia dos seus amigos, maridos e afins (Virgienses), decidiu montar o Cabra-surdos.

No inicio, os homens resistiram, tentando demovê-las da ideia, dizendo que era um absurdo e tals, que a segunda-feira é o dia deles e tals.... Os anos foram passando, o bloco feminino persistiu na segunda de carnaval e hoje a relação é harmônica, já que o Cabra-surdos sai uma hora depois do bloco masculino.

É um sucesso e nós fomos testemunhas de que milhares de mulheres aderiram a esta ideia. Nós também... Veja se nos você reconhece na foto acima (tomara que não!).

Sob o lema de nunca perder uma boa oportunidade, o Blog Mulheres em Marcha aproveitou para pedir uma declaração à uma fundadora do Cabra-surdos. A pergunta foi: que mensagem você daria para mulheres? - Quebrem as algemas, libertem-se! - disse Claudia Barbosa (na foto, é a que está no centro). Palmas pra ela!

O que também nos encantou no Carnaval de Vigia é que o atrativo não é corpo das mulheres, muitas vestidas de homens, com roupas grandes e digamos, nada sex's (pro padrão estabelecido). Além disso, há uma grande liberdade na expressão da orientação sexual, com casais gays andando pela cidade sem se sentirem ameaçados.

No mais, boa ressaca!

4 comentários:

. disse...

meu deus nem me lembrava dessa foto, ops kkkk


crido olha a nossas caras, realmente boa ressaca pra todas!
beijos
^^

direitosparatodos disse...

poxa, e o meu chapéu se foi na bagunça =\

leili disse...

O Blog tá lindo!

Tatiana Oliveira disse...

Valeu por vir por aqui, mana!